Pesquisar este blog

sábado, 17 de novembro de 2012

Pêgesos


Tem uma pelugem natural bem gostosa.
Um aroma doce, um tanto quanto viciante.
Uma cor meio alaranjada, macia, meio rosa.
Tem uma forma charmosa, até apaixonante.

É delicada, se segurar com força ela amassa.
Faz bem à saúde, é comestível e deliciosa.
No meio tem um caroço marrom, sem graça.
Não seja por isso, ela ainda é muito glamorosa.

O que é duro como um caroço, a gente amolece.
O que é azedo, a gente espera que fique maduro e doce.
O que é saudade, a gente lembra que foi algo gostoso.

Caroço.
Caroço.
Caroço.

Matemática e amor



Na matemática do amor, é assim:
Você aprende que um mais um é igual a um.
Aprende que um menos um é igual a nenhum.
Um parece tender ao infinito sem fim.

Um dividido por dois não dá pra dividir.
Porque a gente não divide um amor.
Não tem regras, não tem como definir.
É único, é um, é única, sem divisor.