Pesquisar este blog

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Teus pés em cima dos meus

Ouve mais de uma testemunha.
Vermelho é a cor da tua unha.
Fizemos uma divertida aposta.
Uma que me deixou sem resposta...

Uma que fez o meu bater forte.
Uma que me fez temer a morte.
Temer não estar ao teu lado.
Temer não tocar seu cabelo cacheado...

Quero tocar novamente teus lábios de mel.
Quero sentir teu hálito soprar em mim.
Quero que se torne o meu lindo serafim.

Peço-te que venha. Sem a ti não há céu.
Não há tamanho céu gigante que possa admirar.
Pois é a ti, mulher, a que não me canso de olhar.

- Omar.

08/17/09

Sinto teu cheiro em tudo que se cheira.
Sinto tua presença independente do lugar.
Sinto que sempre me lembrarei desta segunda-feira.
Sinto vontade de correr para tua mão segurar...

Nunca senti tanta vontade de viver como agora.
Não sei o que seria sem teu brilho, teu esplendor.
Diga-me que chegou a até então almejada hora.
A hora de encontrar-te e dar adeus a minha dor...

A noite chega e espero que ela seja breve.
Amanhã irei me sentir, como nunca, leve.
Amanhã poderei tocar teu rosto angelical.

Imploro. Por favor, me bata se isto não for real...
Você foi a minha morfina no momento de dor.
Você é a cura para meus momentos de torpor.

- Namur.

Day 17

Estou aqui para contar-lhes uma história.
Uma que jamais em qualquer momento,
Sairá de minha inesquecível memória.
Uma que sempre levarei em pensamento...

Estava num dia no qual não agüentava segurar
Minhas lágrimas. Batia minha cabeça, arranhava meus braços...
Não conseguia conter meu pranto. Quando encontrei teu olhar
Em mim, senti que não estava sozinho. Senti que chegara o pedaço.

Seria como se eu fosse o poço e ela fosse a brilhante luz.
Como se eu fosse o céu da noite e ela fosse a minha lua.
Como se eu fosse Jesus cristo, e ela a minha cruz.

Fiel, comigo até a morte. Nunca pensei que minha boca na tua
Faria me sentir como jamais sentira antes. Acorde-me, por favor...
É como se minha rocha agora deixasse de ser rocha. É o amor.

- Namur.