Pesquisar este blog

sábado, 8 de agosto de 2009

Lágrimas e Sangue



Diga-me o que fazer. Qualquer coisa para poder ficar...
Ficar perto de ti. Quando tudo parece estar quebrado,
Só há um alguém que faça tudo, tudo se encaixar.
Eu desistiria por tudo só para estar ao teu lado...

Cansei de respirar um ar que não é o mesmo que o teu.
Cansei de beijar uma boca que não é a própria tua.
Cansei de diariamente, no céu da noite não ver a lua.
Definitivamente eu cansei de, nosso não-amor, ser ateu.

Diga-me o que fazer... Farei qualquer sacrifício.
Eu sei que não será nenhum. Nenhum desperdício.
Com você nada disso seria necessário agora...

Sem você tudo perde o brilho. Nasce a vontade de ir embora.
Quando fecho meus olhos e a vejo, recebo um abraço.
Quando abro meus olhos e não te vejo, caio em pedaços.


- Namur.

Caminho retrógrado

Sinto há dias que nado contra a maré...
Sinto-me estar sendo levado por ela...
É como se desse um tiro no próprio pé.
Como se fosse pular da mais alta janela.

Como se de tudo, nada eu pudesse sentir.
Como se de nada, tudo eu deixasse passar.
Por mais que eu guerreie, não posso evitar.
Evitar essa dor, esse torpor que não me deixa dormir.

Não consigo mais dormir sem acordar de madrugada.
Não consigo andar de olhos abertos com você do meu lado.
Não consigo me esquecer de quando em meu pé subistes.

Queria não deixar você por muito tempo calada.
Queria não ter cometido o erro de estar errado.
Queria que, de meus pés, não caístes...


- Namur.

domingo, 2 de agosto de 2009

Promessas não são promessas

Hoje eu fiz, para mim mesmo, uma promessa.
Prometo não tentar quebrá-la. É bem delicado...
Não quebrá-la é prometer não mover nenhuma peça.
Você prometeu não me fazer prometer. Saia do meu lado.

Há promessas que prometem não ter que fazer promessas novamente.
Há promessas que foram prometidas não ser quebradas. E foram.
Quando a primeira promessa é quebrada as outras serão conseqüentemente.
Quando as promessas não são cumpridas, as coisas simplesmente estouram.

Há maior burrice do que prometer algo para si mesmo e não cumprir?
O que prometi muitos prometeram. Eu prometo não ser igual...
Eles prometeram não sair. Eles saíram. Eu prometo, não vou sair.

Eles prometeram ser fieis. Não foram. Eu prometo, você é especial.
Não te importa o que prometeram ou o que deixaram de prometer.
O que importa é que eu prometo que não prometerei nunca te esquecer.


A cada promessa que não se cumpre, é a morte de um pedaço do seu coração. Cuidado para não ficar sem. Promessas não são promessas. Promessa é integridade. É fidelidade. É Amor. Quebrar uma promessa é nadar contra a correnteza. Quando se dá conta, já encontra-se em alto mar. O mar não promete te trazer de volta. Ele não promete te dar uma segunda chance. O mar só promete uma coisa: Prometo fazer tudo conforme a vontade Dele.”

- Namur.