Pesquisar este blog

sábado, 4 de abril de 2009

Prisioneiro

Há um tempo eu não consigo parar...
Já não consigo mais pensar em nada...
Não posso mais parar de me drogar...
Minhas overdoses são de madrugada...

Estou preso num lugar que não tem paredes...
Estou preso a uma imaginária corrente...
Nada consegue saciar minha intensa sede...
Como conseqüência, tomo meu entorpecente...

É uma prisão da onde nunca irei querer sair...
Não há razões para pensar em algum momento fugir...
Sou um drogado que está perdido no paraíso...

Eu não consigo entender o porquê...
Quando vejo o seu lindo sorriso,
Vejo que sou viciado em você.



O.N.Á.B.