Pesquisar este blog

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Livre Arbítrio

Para quê pedir desculpas?
Se fez àquela escolha,
Não deve sentir culpa...
Apenas amasse a folha,

E escolha seu caminho...
O ser humano não está destinado ao mal.
Ele segue seus ideais... É considerável.
Desde que o siga sozinho.

Cada um sabe seu potencial...
Sendo ou não afável...
Escolha então: Amar e morrer,

Ou viver sem amar?
Cabe a você escolher...
Corra! O tempo pode acabar...



Uma pequena escolha pode não ser nada hoje... Talvez nem amanhã... Mas e depois de amanhã? Coisas que hoje consideramos de grande valor, naturalmente esquecemos, pois pensamos que são supérfluas... Todos fazemos escolhas precipitas e às vezes até erradas, porém, como aprender sem podermos errar? Escolhas feitas, tomadas de insegurança, tornam as pessoas como elas são. Se eternizam, são inapagáveis e às vezes mudam. Às vezes. Certas escolhas depois de tomadas não possuem caminho de volta.



O.N.Á.B.

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Meu coração ainda bate

Lembro-me do dia em que você olhou para mim.
Não olhei antes porque você é maravilhosa.
Não teria chance alguma e já saberia meu fim.
Lembro-me que cheirava melhor que uma rosa.

Dias depois nossos olhares se encontraram,
Minutos depois estávamos entrelaçados,
Segundos depois estávamos apaixonados;
Até que nossos pais nos chamaram...

E se passaram vários anos...
Até que fui ao um restaurante como de costume...
Foi nesta noite que reencontrei meus planos.

Era impossível confundir aquele olhar...
Era impossível esquecer aquele perfume...
É impossível não ficarmos juntos...

O.N.Á.B.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

She is like the Wind

Nosso amor é como o vento...
Eu não a vejo, mas a sinto;
A todo lugar; a qualquer momento...
Vejo o mundo, mas sem enxergar.

- A distância é muita - Eu minto.
Mesmo tão longe, eu posso amar...
O mar possui várias colorações.
Renova-as de acordo com o ambiente.

De todas as estações,
Eu lhe daria a primavera...
Pois é florida e quente;

Assim como você minha quimera.
Eu lhe daria todo o universo...
Mas por enquanto só tenho a esses versos...


O.N.Á.B.